Mídia

Na era da informação a sociedade da abundância e da miséria mostra suas fragilidades. São muitos os privilégios de poucos e poucos os direitos do resto. As bases ideológicas desta sociedade que nos resignam a aceitá-la e nos desestimulam a melhorá-la estão, sem dúvida, na grande mídia. O despertar de um povo não se faz da noite para o dia, e para que isso ocorra de fato, para que não confundamos mais o pesadelo que nos armaram com a realidade que queremos, é preciso desmascarar os que mentem para nós e nos manipulam nesse show de bizarrices ao qual estamos acostumados.

ninja

A indústria cultural é o segmento industrial que engloba o conjunto dos meios de comunicação (rádio, cinema, televisão, jornais, revistas, etc), produz bens de cultura como mercadorias visando o consumo e serve de pilar ideológico para a sociedade consumista, como um instrumento de controle social. No Brasil essa indústria é mais concentrada do que nossa estrutura fundiária, lamentável, legado das capitanias hereditárias.

capitanias

Vídeo sobre nossa familiar estrutura de mídia:

“Sinto-me feliz todas as noites quando ligo a televisão para assistir ao jornal. Enquanto as notícias dão conta de greves, agitações, atentados e conflitos em várias partes do mundo, o Brasil marcha em paz, rumo ao desenvolvimento. É como se eu tomasse um tranquilizante após um dia de trabalho” – Médici

Nessa oligarquia midiática a Globo é protagonista, um sofisticado conglomerado que engloba uma plataforma multimeios (jornais, sites, revistas, canais de tv, etc) dedicada a sustentar ideologicamente o atual sistema de desigualdade. A rede Globo de TV nasceu em 1965 com apoio e supervisão dos EUA, por meio do grupo Timelife, para justificar a ditadura no contexto da guerra fria*. Foi criada com 20 vezes mais recursos do que o utilizado para criar a maior rede de tv da época, a Tupi. O filme “Muito além do cidadão Kane”, produzido pela BBC, trata do surgimento, função e força da Globo:

A Globo dissemina valores degenerados diariamente para o povo brasileiro, como o consumismo, a apatia, e a resignação. Casos pontuais de sucesso são hiperexpostos, para assim sustentar a ilusão da mobilidade social: na loteria da vida focalizam só os pouquíssimos vencedores, para assim dar estabilidade ao sistema de privilégios. Fatos são destorcidos, algo como um espelho que nos deforma, e por muitos acreditarem no que veem o organismo social acaba se deformando. Nos vídeos abaixo fica clara a manipulação da informação:

Ao mentir sobre a manifestação pelas diretas em SP, dizendo que era comemoração do aniversário da cidade:

Ao manipular o debate entre Collor e Lula. Aqui o Boni admite:

Ao ecoar a versão mentirosa da PM sobre as manifestações:

Ao acusar aleatóriamente manifestantes pró-museu do índio de tráfico de drogas:

Ao mentir sobre o inicio dos confrontos no protesto na final da copa das confederações, perto do Marak:

Aqui um programa de tv argentino desmascara a Globo, expondo, quadro a quadro, a contradição absurda na mudança de discurso do Jabour:

O povo está acordando, e a Globo começa a ser hostilizada (e até vandalizada).

Globo expulsa do protesto no final da copa das confederações, no Rio:

Globo (Caco Barcellos) expulsa de protesto em SP:

Globo expulsa de protesto em João Pessoa:

Globo (Marcos Lozekann) expulsa em Londres:

“Ei Globo, vai tomar no cú”, direto da manifestação no Congresso:

Protesto contra a Globo em SP:

Globo Leblon sendo depredada em protesto

A Globo mente, a internet desmente. E é preciso desmentir. A internet é só uma ferramenta, não faz nada sozinha, nós é que temos que desmascarar a Globo, nos comunicarmos, semear novos valores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: