Calor

Tá tão quente que até a água fria esquentou
O jeito é condicionar o ar
Mergulhar no mar
Beber cerveja
Antes de evaporar

Um abraço ao meu povo colonizado que se veste igual se faz nos centros frios do poder
(se for pra copiar alguma coisa, porque não a cerveja?)

>>

Não sou burro, sentindo calor tiro a camisa.
Minha rotina, andar da Carioca até a Praça Mauá de jeans, suar de calor e depois passar frio no ar condicionado.
E só eu sem camisa na rua.
São todos burros?

>>

Em uma cidade de calor tropical,
agravado pelo aquecimento global,
usa-se paletó para se ser tão chique quanto se é no norte…
Por que não se usa algo mais adequado ao clima?

>>

O céu tava azul
A chuva quente caia dos infindáveis aparelhos de ar condicionado
O asfalto escuro absorvia o calor
Agravado por cada motor ligado
Enquanto o sol brilhava com fervor
Eaí eu pergunto
Para quê o paletó, seu doutor?
Tem dó que lá fora tá fazendo calor
Para quê o paletó, seu doutor?

>>

Sou playboy mesmo, quero luxo na parada, vida americanizada
Quero terno e paletó, chique que nem no norte
Não importa se lá é frio e aqui o calor é forte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: